Blog

VAMOS CONVERSAR SOBRE COLETA DE DADOS?

VAMOS CONVERSAR SOBRE COLETA DE DADOS?

01-10-19 | Sem categoria

Vocês já pensaram na quantidade de informações pessoais que nós já passamos para algumas empresas, para aplicativos e tudo o que nós utilizamos na internet?

A preocupação com a coleta de dados se deu em razão do episódio de vazamento de dados do Facebook que foram utilizados para consultoria de marketing político, em que foram analisados dados comportamentais de 87 milhões de pessoas para identificar quais seriam mais vulneráveis a mudar de opinião.

E cito uma parte que coloquei em meu TCC (que mais para frente falarei sobre ele): “Esse vazamento de dados incentivou a pesquisadora Hang Do Thi Duc a pesquisar dados do Facebook por meio de um código que identifica o que a pessoa está fazendo, como, por exemplo, onde a pessoa clica, por onde move o mouse. A pesquisadora diz: “O meu uso do Facebook começou a ficar estranho. Ficou claro para mim que ‘eles realmente sabem o que está na minha mente’.” E a partir, desse rastreamento de si mesma, foi criada a plataforma Data Selfie, a qual faz uma leitura da mesma forma que o Facebook identifica a pessoa.”

Chocante, não é? Mas pode ter certeza, seus amigos, sua família não te conhecem tanto quanto o Google, Facebook te conhecem…

Nós não temos nem ideia das informações que já disponibilizamos, o brasileiro tem uma facilidade imensa de expor suas vidas nas redes sociais, e isso gera coleta de dados. Vocês já viram o vídeo em que testam quantos dados são coletados com um celular sem chip e um com chip sobre os locais que a pessoa esteve, dentre outros? SURPRESA, o celular sem chip coletou MAIS DADOS do que o com chip.

Percebemos, assim, que somos monitorados 100% do nosso dia, e geralmente esse monitoramento se dá com o nosso consentimento, pois não lemos termos e condições e de uso, não verificamos o que fazem com os dados que fornecemos.

Por sorte, as pessoas estão se conscientizando o hoje no Brasil já há a Lei de Proteção de Dados que entrará em vigor em agosto de 2020.

E você, já está se preparando para se adequar a essa lei?

Isadora Pavoni

OAB/RS 113.720

Compartilhe nas Redes